Site | A Gente Se Fala | 2018

Miriam Juvino me entende. Eu entendo Miriam Juvino. Ela pede e eu escrevo, revisamos e chegamos ao que o projeto necessita. Desde 2005 brincamos disso e nos divertimos fazendo arte, “trabalhando como camelos”, realizando ótimos projetos em parceria. Em 2010 assumi o desafio de juntas criarmos o primeiro site da A Gente Se Fala. Agora, reformular, objetivar, recriar, repaginar, outros tempos, novos ventos, novo site. Fizemos! Colocamos no ar e toda hora tem um comentário sobre esse filho novo repleto de vidas e movimentos. Nosso designer, Philippe Leon, deu forma e,  Valéria Luna, assistente da produtora, todo o suporte de conteúdo dos artistas. Somos uma equipe amiga, que entre almoços, taças de vinho, encontros sérios e por vezes acalorados, chegamos agora com o frescor da novidade neste janeiro de 2018. Assim sendo, sejam bem vindos todos ao novo site da A Gente Se Fala (www.agentesefala.com.br), da empresária artística e produtora – e minha amiga – Miriam Juvino!

 S I T E   A Gente Se Fala 2018 | http://www.agentesefala.com.br
Criação e coordenação: Miriam Juvino
Criação e execução: Philippe Leon
Criação, coordenação e textos: Silvana Cardoso
Assistente produção de conteúdo: Valéria Luna

“Tipo Carioca”

Dia 8 de janeiro: olho em volta e vejo água, vejo as demissões que começaram, vejo incertezas, vejo morte, vejo bala perdida, vejo impunidade e mais água até as canelas, na primeira semana útil do novo ano dos cariocas. Uma cidade abandonada à própria sorte, diria minha avó, sucumbindo ao descaso do poder público, a plasticidade da embalagem globalizada, aos filhos bem criados da terra que estão abandonando o barco, ao estado catatônico que todos se encontram. E até aqueles que vieram para cá e construíram carreiras, fizeram fortunas, criaram filhos e histórias, hoje falam muito mal da cidade que sempre acolheu a todos com prazer, com a sabedoria de se deixar malandro sendo apenas um trabalhador com espirito de quem sabe se divertir – como entendeu  a gaúcha Adriana Calcanhoto.
Percebo que com a soma de mais alguns anos nessa mesma história e nós seremos apenas “uma cidade exuberante”, como sempre me exclama um amigo de Pernambuco. Com sorte seremos uma paisagem azul, cinza ou laranja quando se olha da mureta da Urca. Ou a visão de uma igreja encrustada num por do sol deslumbrante, em cima de uma pedra no bairro da Penha.
Sem identidade, sem otimismo, e até sem a “rodinha” do bom humor enquanto se toma uma cerveja pós praia, pós futebol, talvez o que vai mesmo sobrar seja um cartão postal sem identidade, apenas uma imagem exuberante à venda – “Carioca, um estilo de vida!” – “Tipo Carioca”.
Hoje, segunda-feira, oito de janeiro de dois mil e dezoito: já já nada mais poderá ser como antes.

Igreja da Penha, Rio da Janeiro, 29 de janeiro, 2011
Foto: Silvana Cardoso

Site | Maestro Eder Paolozzi

Foi uma delícia criar e coordenadar a construção do site do talentoso-maestro-amigo-querido Eder Paolozzi, já que o maior desafio foi definir como usar o grande volume do conteúdo de informações e imagens da carreira do jovem maestro. Juliana Feltz foi a parceira na construção e execução, com direito a testes do template que melhor atendesse ao músico na autonomia da manutenção do endereço. E 2018 chega com o site bilingue do Eder Paolozzi. E sejam bem vindos: http://www.ederpaolozzi.com/

S I T E   Eder Paolozzi | http://www.ederpaolozzi.com
Criação coordenação e textos: Silvana Cardoso
Criação, formatação e execução de conteúdo: Juliana Feltz
Versão em inglês: Eder Paolozzi
Foto de abertura do site: Leo Aversa

Redação | Assessoria de Imprensa | Conteúdo Digital | Criação de Sites | Pesquisa | Mkt de Produto