Arquivo da categoria: Música

ADRIANA QUADROS É LINDA BATISTA

Foram apenas duas apresentações no Teatro Prudential (RJ), nos dias 27/11 e 4/12 de 2019, mas Adriana Quadros brilhou como Linda Batista no espetáculo “Linda! – uma homenagem a Linda Batista”. Um sucesso para pensar em uma temporada mais longa neste 2020 que já está aí.

Foto: Frederico Mendes
Clipping imprensa:  https://drive.google.com/open?id=1XsXc7B7kPx0kGvwl3K_JKdhW3C9vB9qb

MARCELO CALDI E A ORQUESTRA SANFÔNICA DO RIO DE JANEIRO

Em quatro anos de existência, a Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro conquistou o coração dos cariocas, em dezenas de apresentações – em teatros e praças -, demonstrando o poder de encantamento das sanfonas e das tradições populares. Para comemorar, um álbum novo – homônico “Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro” -, shows e muito alto astral. Sob a regência do seu maestro e criador, o multi-instrumentista Marcelo Caldi. Muito orgulho da nossa “Sanfônica”.

Assessoria do lançamento para o lançamento do CD (e show no Rio de Janeiro) – com Ana Paula Romeiro.
Ouça o CD: https://tinyurl.com/v73canx
Clipping Assessoria de imprensa: https://drive.google.com/open?id=1tLynZ-hnhtnyNmqKHm5NOf5XX6YPw0en
Foto: Cyntia C Santos

RECONHECIMENTO AO DETONAUTAS ROQUE CLUBE

Há dois anos a Ana Paula Romeiro me convidou para fazermos juntas a assessoria do Detonautas Roque Clube. Começamos com o álbum de inéditas VI, CD que comemora os 20 anos da banda. De lá para cá, muito trabalho e com um passo após outro, sempre nos emocionamos por fazer parte dessa equipe, que incluo os músicos, que muito trabalha e muito se dedica. E aí, as vitórias vão chegando para uma das bandas mais bacanas do pop rock do pais: o melhor show do segundo dia do RIR 2019 no ranking do portal G1. A palavra agora é reconhecimento. Parabéns, rapazes. 💙 trabalhar com vcs! Foto Fabiano Santos

RODRIGO FERRERO LANÇA EP COM INÉDITAS | ASSESSORIA DE IMPRENSA

Rodrigo Ferrero é música instrumental de primeira. O cantor, compositor e instrumentista celebra 20 anos de carreira em 2019 com o lançamento, nas plataformas digitais, do seu terceiro projeto autoral, o EP inédito “Ferrero” (Tratore), com a participação especial dos músicos Marcelo Caldi e Adriano Giffoni.
Ouça “Ferrero”: 
https://open.spotify.com/album/7y9epQoyQmHSPQXNCORqjT?si=dU7J89QDS4WTsLE3KhO8dQ
Clipping
https://drive.google.com/open?id=1c7EEUa3gKKfFUflkYR7hFZwcGrItq7VS

Bourbon Street Fest Niterói, Rio de Janeiro

Fazer o festival Bourbon em Paraty e ser a representando no Rio do Bourbon Street é sempre um presente, já que trabalho com música boa e pessoas queridas, como Edgar Radesca (que conheço desde 1996), dono da casa paulistana Bourbon Street Cube, que comemora 25 anos de resistência. Este ano, mesmo com o caos que vivemos para manter a nossa cultura viva, o festival em Paraty aconteceu. Mas como temos sempre a esperança de abrir novas oportunidades, lá vamos nós para a primeira edição do Bourbon Street Fest Niterói, que acontece neste fim de semana, nos dias 30 e 31/8 e 1/9, com palco montado na Praia de São Francisco. Shows nacionais e internacionais, com entrada franca, simultaneamente com a 16a edição do Fest São Paulo. Para mim, que estive próxima para a criação do Festival em Niterói e estou trabalhando pelo sucesso desta primeira edição junto à imprensa, uma alegria. Desejo vida longa ao nosso Bourbon Street Fest Niterói, que já na montagem nos emociona com este fundo de palco que mais parece um cartão postal, na foto do amigo e parceiro Elias Gass. Evoé!

Clipping Assessoria de imprensa: https://drive.google.com/open?id=1i_i704jLE3nPqWHd9d5JmlSqxmuXL89-Clipping:

Robert Cray é PREMIADO homem show

Quando trabalho com artistas que admiro o prazer de sentar e assistir ao show é imenso. Foi assim com a apresentação do guitarrista americano Robert Cray, que no dia 2 de agosto subiu ao palco do Vivo Rio com o seu quarteto para única apresentação. Um showzaço, bradavam os seus fãs após um pouco mais de uma hora e quarenta minutos de show, incluindo o bis. Aos 66 anos, comemorados no Brasil, ele não pensa em parar de tocar tão cedo e nós agradecemos. O trabalho teve ótimo retorno de mídia e tivemos um Vivo Rio lotado. Foi um show memorável. Dos bastidores, saber que comemoramos aniversário no mesmo dia, 1 de agosto, foi também um bom presente para mim. Parabéns, Mr. Cray.

Foto de parte da página do Segundo Carderno, do O Globo, com enytrevista concedida ao Sergio Luz e artigo escrito por Silvio Essinger.
Segue link: https://oglobo.globo.com/cultura/musica/nao-me-vejo-como-os-herois-da-guitarra-de-antigamente-diz-robert-cray-23833161

Alfredo Lima MÚSICO ARRANJADOR E PROFESSOR

Músico, arranjador, compositor e professor, o guitarista e violonista carioca Alfredo Lima possui uma longa carreira dedicada a música instrumental – nacional e internacional -, que conta com grande influência do jazz, do samba, do blues, do samba funk, do rock e da bossa nova.

Ao longo da sua carreira, parte dela se apresentando em palcos de paises como Reino Unido, França, Portugal e Espanha, se didicou a pesquisa de gêneros musicais, o que ampliou suas experimentações, levando o trabalho do artista a uma elegante e vigorosa fusão destes gêneros, com resultado para um trabalho multifacetado. Como arranjador e produtor musical, trabalhou para TV, cinema e teatro, quando criou trilhas sonoras para publicidada, programas, longa-metragem e espetáculos teatrais.

Bebeu na fonte de mestres como Cesar Camargo Mariano, Tom jobim, Lincoln Olivetti, a banda Banda Black Rio, bem como os americanos, Quincy Jones (maestro e arranjador), Herbie Hancock (pianista e tecladista) e George Benson (guitarrista).

Sua experiiencia musical ao longo de mais de quatro décadas de carreira, podemos destacar trabalhos como arranjador e músico de artistas nacionais, como: Zé Ramalho, Marina Lima, Angela Rô Rô, Eduardo Araújo, Eduardo Dussek, Silvinha, Marcio Aguinaga, Ricardo Duna, Amelie Lourent, Watusi, Liano, Amelinha, Leila Maria, Wil Botelho, Simone e Barrosinho. Além de nomes da música internacional, como John Lewis do Modern Jazz Quartet (EUA), Max Suñe (Catalão), Toni Pinho (Portugal) e Miguel Braga (Portugal).

A lado de cantora Angela Rô Rô e o baixista Bida Nascimento, formou a Banda Abacate Flutuante, com grande visibilidade no cenário musical brasileiro. Com Bida Nascimento e o saxofonista Marquinhos Esteves, o guitarrista fundou a banda de música instrumental Arroio, que teve CD, “O Reencontro”, lançado em todo território nacional.

Alfredo Lima  levou, com a banda Cana Caiana, a mistura de ritmos que é a essência musical do seu trabalho pelos palcos europeus. A turnê, que se extendeu por mais de doze meses em casas de show e festivais de jazz, passou por países como: Reino Unido, Portugal, França e Espanha