Arquivo da tag: Marcelo Caldi

Marcelo Caldi | A sanfona é meu dom | CD e Show

Poderia começar com a minha paixão pela música, os clássicos e tudo que envolvia partituras na minha infância, como Villa-Lobos, Tom Jobim, Tchaikovisky e seu O Lago dos Cisnes, já que quando criança eu só pensava em tocar piano e dançar nas pontas dos pés. E como sou uma pessoa de muita sorte, encontrei as partituras pelo meu trabalho, pelo encanto de lindos encontros profissionais, com músicos como Marcelo Caldi.  E como é admirável o trabalho do Marcelo, e como é jovem e talentoso, e como é bom saber que temos músicos como o Marcelo no Brasil, que podem levar adiante o legados dos grandes mestres da nossa clássica música popular brasileira. E vamos a isso com o novo CD e show do Marcelo, lindamente intitulados de “A sanfona é meu dom”. Como o álbum, repleto de convidados,  o show de lançamento acontece nesta 3af, dia 28 de novembro, na Sala Cecília Meireles. E a sanfona invade a sala de concerto. Isso é lindo.

Projeto em parceria com Ana Paula Romeiro
Foto: Leo Aversa
Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTbXBEYWtJenBHbHc

Maestro Eder Paolozzi | Música em Santa Teresa |com OSC e Edu Krieger | Arranjos de Marcelo Caldi

Preciso contar para vocês que o Concerto da Independência foi uma alegria para todas as pessoas que subiram até Santa Teresa nesta quinta-feira, 7 de setembro. O Parque das Ruinas ficou lotado e duas meninas evoluiram à frente da Orquestra Sinfônica Cesgranrio e de Edu Krieger, como todos nós gostaríamos de ter feito. Um lindo fundo de palco era o comentário geral do concerto-show que contou com arranjos originais de Marcelo Caldi,  para as canções de Villa-Lobos, Chiquinha, Tom Jobim, Alceu Valença e Gonzagão – nossa música popular brasileira que é a nossa música clássica. Foi emocionante ver o Parque com gente até a torre. Vi minha amiga-amada Anna Accioly e seus amigos de ST se emocionarem como crianças felizes, com a música e com o bairro lotado de pessoas “de fora”. Digo e repito que é imenso o meu orgulho desse povo competente, por estar em comunhão com o meu querido maestro Eder Paolozzi e a sua OSC. Isso é independência, isso me alimenta.

Clipping: https://drive.google.com/drive/folders/0Byou4MpvKtcTeEVVYTdPTFdmbUU