Todos os posts de passarimcomunicacao

Sou uma longa história, costumo dizer. E, por aqui, apresento os meus escritos e a minha trajetória como profissional de comunicação. Parte do meu caminho está aqui, como um mosaico do que construiu a minha carreira. São mais de duas décadas que trabalho com pessoas criativas – com arte, cultura e entretenimento. Um privilégio. O espaço é apresentado pelas “categorias”: Escritos, Música, Teatro e Etc e Tal, onde relaciono trabalhoss como assessora de imprensa, produtora executiva, escritora, redatora, pesquisadora, gerente de DVD e marketing, e diretora artística e de produção. Para facilitar, relaciono alguns artistas e empresas que fazem parte dessa história: Warner Bros., Paramount, Metro Goldwyn Mayer, Disney, United Internacional Pictures, Universal Music e Universal Music Christian Group, Sony Music, Sistema Globo de Rádio, TV Globo, Instituto Tom Jobim, Bourbon Street Music Club (Festinal Paraty, ZAZ), casa de shows Metropolitan (RJ), CCBB-RJ, Ciranda Comunicação (sócia gerente entre 2001 e 2005), Caliban Produções Cinematográficas, A Gente se Fala Produções Artísticas. Além de alguns artistas e criativos que trabalhei: Kid Abelha, Jota Quest, Skank, João Gilberto, Caetano Veloso, João Bosco, Cassia Eller, Zezé di Camargo & Luciano, Ivete Sangalo, DJ Marlboro, Sandy & Junior, Carnaval do Cordão do Boitatá, Pitty, Zeca Pagodinho, Caco Ciocler, Matheus Nachtergaele, Débora Falabella, Adriano Garib, Letícia Spiller, Camila Pitanga, Carmo Dalla Vecchia, Fagner, astróloga Claudia Lisboa; cineastas: Claudio Assis, Silvio Tendler, Mauro Faria; diretores: Hamilton Vaz Pereira, Moacir Chaves, Roberto Alvin, Eric Lenate, Daniel Herz, Jodele Larcher. Para nos conhecermos melhor, sugiro um bom papo acompanhado de um café, ao vivo ou via Skype. Um abraço apertado, Silvana O crédito da logo da Passarim é do amigo, competente designer e fotógrafo, Philippe Leon.

Consulado da Argentina | Bienal do Livro RJ 2015


Fui convidada pela amiga Anna Accioly, da A Dois Comunicação, para atender a Embaixada da Argentina no Brasil, em 2015, durante a XVII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A cerimônia de abertura do evento literário, no dia 3 de setembro, contou com a presença dos embaixadores da Argentina, Magdalena Faillace (Diretora Geral de Assuntos Culturais) e o Embaixador da Argentina no Brasil, Luis María Kreckler. Como país homenageado do evento, a Argentina, promoveu uma série de atividades culturais na cidade e no Pavilhão Azul da Bienal, no stand de 400 m2. Encontros literários, exposições e shows, numa extensa programação cultural, com a presença de 15 autores da literatura contemporânea do país, como poetisa Diana Bellesi e o premiado autor de “O segredo dos Seus Olhos”, Eduardo Sacheri; show de Ariel Ardit Quinteto na Sala Cecília Meireles; Daniel Pipi Piazzolla, neto de Astor Piazzolla, em show no Café Literário da Bienal do Livro, em homenagem ao avô, com seu grupo Escalandrum; as exposições “O que se vê”, da fotógrafa portenha Adriana Lestido, e “Mafalda na sopa”, uma homenagem a personagem mais famosa de Quino, também fazem parte do calendário de eventos desta homenagem.

 

Projeto em parceria com A Dois Comunicação

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTUjJXZmNScFBjcWc

Mantenha Fora Do Alcance Do Bebê | Teatro Sesc Copacabana RJ

Sucesso de público e crítica, considerado um dos dez melhores espetáculos em cartaz no Rio de Janeiro, no ano de 2015, o premiado “Mantenha Fora do Alcance do Bebê” cumpriu temporada no Espaço Sesc, em Copacabana. Com texto de Silvia Gomez e direção de Eric Lenate, com elenco formado por Débora Falabella, Anapaula Csernik, Jorge Emil e Diego Dac.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTYWxldjdvM05Xd2c

Becco Cabral | Exposição Le Regard Des Chausses

“Um Olhar Sobre as Calçadas – Le regard des chausses”, exposição inédita do artista plástico pernambucano Becco Cabral, na Galeria TAC, em abril de 2015. Radicado em Paris desde 1998, com formação em Artes Plásticas pela Université de Paris Panthéon Sorbonne, onde também obteve o título “Grade de Master – Master’s Degree”. Desde 2007, Becco Cabral é assistente do artista plástico brasileiro Mozart Guerra, também radicado na capital francesa. Na mostra, obras com técnicas como impressão (pastel metalizado e hidrográfico) sobre sacos de chá colados, impressões sobre argila branca esmaltada a 600°, fotografias e alumínio.

Ocupação Cia Alfândega 88 | Moacir Chaves | Teatro Serrador

Com a estreia de “O Controlador de Tráfego Aéreo”, em agosto de 2013, o diretor Moacir Chaves e a Cia Alfândega 88, encenava a última montagem da ocupação realizada pelo grupo no Teatro Serrador. O término da ocupação gerava a incerteza do Serrador continuar suas atividades. A partir da intermediação de Moacir Chaves entre Brigitte Blair (proprietária do teatro) e a prefeitura, o espaço foi incorporado aos teatros administrados pelo Município do Rio de Janeiro e teve uma reabertura em 2016. O trabalho de assessoria incluiu suporte na temporada de “A Negra Felicidade”, montagem da Cia Anfândega 88 que também estreou durante a ocupação.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTLXlsWmlpVUFyOTA

Usina Cultural | Fórum Dissonâncias | Música

Com o objetivo de instaurar a reflexão sobre a música brasileira, artistas, produtores, jornalistas e pesquisadores, o Projeto Usina Cultural realizou o 1º Fórum Dissonâncias, de 11 a 13 de julho de 2013, no Centro Cultural Humberto Mauro, em Cataguases, Minas Gerais. Nas mesas debatedoras a presença de renomados produtores, músicos, jornalistas e críticos musicais, como Marcus Preto, Ronaldo Evangelista, Alex Antunes e Leonardo Lichote, Hélio Flandres, Daniel Figueiredo e Rômulo Fróes, dos produtores Plinio Profeta e Pena Schmidt, além dos cantores e compositores Odair José e Helio Flanders.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTbFBNTVhxeWYzLTA

Gustavito | Show

O cantor e compositor mineiro Gustavito lançou seu CD “Só o Amor Constrói” (independente) em show no Rio de Janeiro, dia 27 de março de 2013, no Espaço Cultural Municipal Sergio Porto. A apresentação contou com as participações especiais de Luiza Brina e Cesar Lacerda.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTMzIzWFBGdHUxYVE

Cesar Lacerda | CD | Show |Carreira

Estratégia de comunicação e marketing para apresentar o cantor e compositor da novíssima geração mineira, Cesar Lacerda, com o lançamento do álbum de estreia, “Porquê da Voz”, em agosto de 2013. Após colher elogios da critica especializada de todo o Brasil e realizar turnê na Europa em 2014, o cantor lançou o segundo álbum, “Paralelos e Infinitos”, em 2015.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTSUdLQTZiamEwY0E

Visões Coletivas – Nordeste Contemporâneo | Teatro

O projeto “Visões Coletivas – Nordeste Contemporâneo” ganhou o edital de ocupação do Teatro Glauce Rocha, para trazer ao Rio de Janeiro sete grupos teatrais e cinco atores com trabalhos solo, numa mostra do teatro contemporâneo produzido no nordeste. Na programação, que aconteceu de outubro de 2012 a março de 2013, estiveram no projeto grupos de Recife (PE), João Pessoa (PB), Natal (RN), Fortaleza (CE) e Salvador (BA), além da presença do ator e diretor francês Maurice Durozier, do Theatre Du Soleil (FR). O evento também promoveu, a cada estreia, seminários, workshops e oficinas, ministradas pelos grupos/artistas participantes do projeto.

Clipping: https://drive.google.com/open?id=0Byou4MpvKtcTOEtmc0RVNVE5ajg

CNC Flora – Centro Nacional de Conservação da Flora

O Centro Nacional de Conservação da Flora, centro de pesquisa do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, considerado referência mundial nos esforços de conservação de plantas, teve seu trabalho reconhecido pela IUCN – International Union for Conservation of Nature, através da criação do Brazil Plant Red List Authority. Em 2012, integrei a equipe do departamento de pesquisa para, junto a imprensa, criar ambiente para a entrega do primeiro Livro Vermelho de espécies de flora ameaçadas de extinção do Brasil, bem como o lançamento do Portal com informações atualizadas sobre o tema (http://www.cncflora.jbrj.gov.br/). Sob direção do coordenador do Centro, Gustavo Martinelli, a primeira etapa de avaliação de risco de extinção das espécies da flora contou com a participação de mais de 200 especialistas de todo o Brasil, bem como de colaboradores estrangeiros, por meio de um sistema de informação único no país, desenvolvido pela equipe do CNCFlora. Nesta etapa, todas as 4711 espécies de plantas anteriormente consideradas como ameaçadas de extinção, pelas diversas listas oficiais anteriormente publicadas, foram reavaliadas com base no sistema de critérios e categorias da IUCN, para fazerem parte da nova Lista Oficial de Espécies Ameaçadas de Extinção da Flora Brasileira.