Vento de mim

Hoje sou o vento leve que me leva
Acordei sem pressa para ser
O vento passou pelos meus cabelos
Fiquei ali
Não fui a lugar algum
Aqui tá bom
Vivendo a beleza de dias leves
Hoje sou o vento das minhas lembranças
As mais queridas
Sem pressa para chegar a lugar algum
Caros amigos em volta
No entorno do amor da partilha justa de cada um
Adornada de alegrias breves e felizes
Hoje o vento me inundou de boas noticias de mim
Estou leve
Sendo vento, assim, meio brisa
Leveza que levanta a saia, balança os cabelos
Abranda o sol de dentro
Hoje voei por ai, sem pressa alguma de mim
Ainda passo por entre os passos
Que me levarão, como esse vento
Apoderado de mim

 

Recife, 31 de dezembro, 2009
Foto: Silvana Cardoso em 29/11/2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s